Os 6 principais países para aprender francês no exterior

Todos nós sabemos que a melhor maneira de realmente se tornar fluente em uma língua é experimentar a língua em primeira mão – interagindo com falantes nativos e a cultura dessa língua. Embora isso nem sempre seja fácil, especialmente se você é um estudante universitário falido ou pós-graduado – ou simplesmente falido.

Mas aprender uma língua no exterior não significa que você tenha que quebrar o banco (especialmente se seu banco já está muito quebrado). Neste artigo, exploraremos diferentes opções para aprender francês em um orçamento. Sim, é possível – e você pode se surpreender agradavelmente com quantas oportunidades existem para aprender francês em todo o mundo em destinos econômicos (mesmo dentro da França!).

1#. Guadalupe

Se você não estiver interessado em um inverno com subgelo, convém considerar a nação caribenha de Guadalupe – onde a temperatura durante todo o ano fica próxima a 87 ° F (30 ° C). Guadalupe está situada ao norte da Venezuela, aninhada entre outras ilhas tropicais, e tecnicamente ainda é uma região da França desde a época colonial. Você provavelmente não imaginaria que Guadalupe é membro da União Europeia e também usa o euro!

Embora o turismo seja a maior atração para Guadalupe, muitas pessoas viajam para aprender francês também. A ilha é realmente um paraíso, mas também é barata – você pode ir em uma aventura de aprendizado de idiomas de férias sem drenar sua carteira. Só não se esqueça de reservar o seu voo com cautela, pois os preços podem subir acentuadamente em determinadas épocas do ano.

Você pode fazer cursos em uma das universidades da ilha, como a Universidade das Antilhas Francesas e a Guiana. Há também muitas classes diferentes disponíveis em outras escolas de idiomas e programas nas cidades de Pointe-à-Pitre e Saint-Claude.

2#. Senegal

O mundo francófono abrange muitos destinos diferentes – e muitos dos países mais exclusivos estão localizados na África. Se você está procurando por uma experiência que é longe de ser medíocre, você deve considerar o Senegal. Como um dos países mais seguros e politicamente estáveis ​​na África Ocidental, o Senegal é perfeito para pessoas que querem aprender a língua francesa na África.

O francês é a língua oficial e faz parte da cultura local no Senegal, no entanto, permanece uma cultura senegalesa distinta e única, apesar dos anos sob o domínio colonial. No Senegal, você pode experimentar a vibração das pessoas locais, comida e história enquanto simultaneamente aprende um novo idioma. Dacar, a capital, não é concorrente do tamanho de Paris, mas a cidade ainda é tão animada e tem muito a oferecer aos estudantes internacionais.

Você pode gastar seu tempo entre as aulas em praias imaculadas ou a explorar a incrível paisagem do Senegal – e isso não lhe custará um lindo centavo. O custo de vida no Senegal é significativamente menor do que o da França, para que você possa viver bem com um orçamento típico para estudantes universitários. Além disso, as muitas escolas de idiomas no Senegal oferecem cursos variados para caber no orçamento de todos os alunos.

3#. França

A maioria dos estudantes procura aprender francês, romantizar a ideia de aprender francês em Paris, pegar uma baguete e passear pela Champs-Élysées. A realidade para muitos estudantes de idiomas – depois de pagar mensalidades, moradia e tudo o mais – é que você provavelmente não poderá pagar por essa baguete. Não deixe que isso impeça você de aprender francês na França, porque há muitas regiões acessíveis para aprender francês ao lado da capital.

Em particular, o sul da França é tipicamente muito mais barato que a capital. Montpellier é uma ótima opção se seu coração está voltado para aprender francês na França. Você ainda pode apreciar a bela arquitetura neoclássica e o estilo de vida romântico enquanto aprende francês. Montpellier é um centro de ensino superior na França, com várias universidades e escolas de idiomas aclamadas. Um pouco mais fora do comum, Montpellier permite que os estudantes mergulhem na verdadeira cultura tradicional francesa, enquanto desfrutam do conforto de uma cidade moderna.

A França costuma ser muito barata de viajar, especialmente da América do Norte, onde é possível encontrar voos de até US $ 200,00 ida e volta – se você conseguir fazer a compra corretamente. O sul da França também é perfeito para explorar o resto do Mediterrâneo e da Europa. Os voos são consistentemente baratos no continente, permitindo que os estudantes de idiomas viajem mais facilmente.

4#. Haiti

Guadalupe não é a única ilha do Caribe que você pode considerar; você também pode aprender francês no Haiti. O crioulo haitiano e o francês são as duas línguas oficiais do país e o francês é falado por quase metade da população. O francês é ensinado nas escolas do Haiti, embora geralmente seja para fins oficiais e governança. A maior parte da população vive na capital, Port-au-Prince, o resto do país é bastante rural.

O Haiti é perfeito para aqueles que querem uma experiência caribenha enquanto aprendem francês, muito parecido com Guadalupe, mas querem uma experiência mais profunda e significativa. Muitos programas de idiomas no Haiti também se concentram em voluntariado, aprendizado de serviço e compreensão da cultura haitiana. Aprender francês no Haiti pode proporcionar uma aventura no exterior mais completa e permitir que você ajude outras pessoas ao mesmo tempo.

O Haiti pode dar muito à sua experiência de aprendizado de idiomas, mas não vai custar muito de você financeiramente. O custo de vida e os salários no Haiti não são altos, tornando-o um lugar ideal para aprender francês com orçamento limitado. Além disso, não é um salto distante da América do Norte, que pode tornar o voo um pouco mais barato do que outros locais.

5#. Marrocos

Como uma antiga colônia francesa, o Marrocos é um membro do mundo francófono. O francês não é uma língua oficial do país, mas ainda é amplamente falado. O Marrocos é uma boa opção para quem quer aprender francês por motivos comerciais ou diplomáticos, pois são os casos em que o francês é mais falado no país.

Enquanto aprender francês pode ser o seu principal objetivo, experimentar uma cultura nova e única deve estar lá também. Marrocos é o lar de uma mistura de cultura européia e norte-africana, o que a torna um país vibrante e imensamente fascinante. Sem mencionar a comida – sua vida será mudada para sempre com uma tigela fresca de homus marroquinos, eu garanto.

Apesar de muitos rumores, o Marrocos é um destino amigo dos viajantes, desde que você permaneça vigilante (como você deve em qualquer país). Marrocos tem uma comunidade internacional próspera e é o lar de muitos expatriados; muitas pessoas se apaixonam pelas ruas labirínticas de Marrakech ou pela beleza de Tânger e nunca mais querem ir embora – seja cauteloso com a possibilidade de você acabar se juntando a elas.

Agora, onde você quer aprender francês?

Não deixe seu orçamento desestimulá-lo de aprender francês no exterior! Há tantas oportunidades acessíveis e gratificantes por aí. Muitas bolsas de estudo também estão disponíveis em cada país, o que pode ajudar a aliviar parte do estresse financeiro de aprender uma língua no exterior.

Não importa o custo, aprender uma língua é uma experiência de vida inestimável que irá beneficiá-lo de maneiras surpreendentes. Mais importante, provavelmente será uma lembrança agradável e uma grande habilidade para a vida nos próximos anos.

Esta postagem foi originalmente publicada em novembro de 2014 e atualizada em novembro de 2018.

Compartilhe: